As aventuras de uma balzac teenager

Sinta-se em casa!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Mãe de menino.

Essa semana a Veri, mãe do Pedro, falou sobre ser mãe de menino no Facebook e fiquei pensando no assunto...
Realmente temos um diferencial... um não... vários...
Mãe de menino aguenta porrada sorrindo. Essas criaturinhas grosseiras acham que cabeçada é cumprimento, que voadora é sinal de felicidade quando a gente chega em casa.
Ser mãe de menino é ficar toda roxa sem perceber.
É puxar a pele do pintinho no banho.
É ser trampolim, cavalinho ou algo parecido em cima da cama.
É tentar entender qual a graça de pegar dois bonequinhos, colocá-los pra lutar e fazer barulho com a boca, imitando as porradas.
É quase nem se preocupar com roupa: meninos ficam lindos de camiseta e jeans e pronto.
É dar uma de louca pra tirar o moleque da frente do videogame.
É dar uma de louca para colocá-lo no banho.
É dar uma de louca para tirá-lo do banho. "Você já tá murcho!".
É saber o nome de todos os alienígenas do Ben 10. Ou fingir que sabe.
É fingir naturalidade quando entra no quarto e dá de cara com o pequenino conhecendo seu pinto.
É pisar em TROCENTOS carrinhos no caminho do quarto pro banheiro.
É abrir a bolsa e encontrar dois Transformers, mas nada da chave de casa.
É ser completamente apaixonada pelo seu menino e ter a certeza de que é a menina dele. Por enquanto.
Bizussssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

10 comentários:

Symone disse...

Irresistivelmente apaixonante!!

Suspiros do mais puro e singelo amor.

Beijo, Abraço e Alegrias muitas.

Quero-te bem pra caramba!!!!!!

Fabi Coltri disse...

¨É fingir naturalidade quando entra no quarto e dá de cara com o pequenino conhecendo seu pinto.¨


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Rolei de rir!

Eu quero um menino.
Mas queria já pronto, feitinho.
Dá o Dani pra mim???

Beijoooos!

Tatinha disse...

ai daniiiiiii eu arrepiei, e eu aqui no serviço so me deu vontade de beijar o Gi agora..rsrsrs

Sandra Ferreira disse...

Também tenho um menino, que agora já está quase um homem, mas continuo encantada por ter conhecido o outro universo (o masculino) através do crescimento do meu filho!
Adorei seu texto!
AMEI ter tido um filho homem, foi especial e continua sendo, mesmo agora quando já não sou mais a sua menina... Mas sou a primeira!
Abraço.

Beta disse...

Hahhahaha. Adorei o "você já tá murcho" hahahaha. O Danilo é demais. Coisa mais linda da vida.
S2 Espero conseguir ve-los quando você voltar de viagem. Beeeijooos. Demi

Byana disse...

Encantador o seu texto!!!! E muito real também... Meu menino tem 15 anos e é o meu cuidador nessa etapa menos fácil da vida (ca de ovário). Minha mãe diz que eu tenho esse menino desde os 5/6 anos qdo chamava as bonecas da minha irmã mais velha de Pedro Henrique.
Orgulho enorme ser mãe dele!!!
Beijos e tudo de bom pra vc...adoro tudo o que vc escreve.
Byana

Silvia Barreto disse...

E pra quem tem menina .... é tudo ao contrário!!?? A Gabriela ... ariana ... é mandona que só ... tem q estar sempre segurando a rédia ... ao mesmo tempo é tão carinhosa que chega a emocionar quando ela diz: "Quero ficar colada com a mamãe!" .... tem som melhor na vida!!?? Duvido!!!

Cristina disse...

Dani
Concordo com você, sou mãe de um e passei por todas essas fases e lhe garanto que tem muitas outras pra vc curtir. O meu menino tem 20 anos e acha que já é dono da vidinha dele, trabalha, estuda e aos poucos tá aprendendo a viver nesse mundão aí fora. Como mãe as vezes me pego com uma dorzinha no peito, pois sei que cresceu e não precisa tanto de mim. Mas ainda é o meu amigo, que conversa e me dá força! Lindo texto! Bjssssssssssss

Ligiane, mãe do Rafael disse...

Quando engravidei do Rafael, JUREI que era menina. Disse para todo mundo que meu instinto de mãe sabia...rsrsrs Sabia nada!

meu gurizinho é todo lindo, amado, e nos amamos loucamente. rs Já sofro pelo dia que uma menina tirará ele de casa!rs

Adorei seu post.

Bjs

Tadeu disse...

Dani, adorei seus posts, escreva mais, escreva sempre. Fiquei até com vontade de escrever um texto tb: "Pai de menina". Pois é, eu não sabia, mas aprendi a brincar de boneca depois de velho... só não aprendi até agora como é q faz pra desligar qd chega a hora de dormir.
Bjs!