As aventuras de uma balzac teenager

Sinta-se em casa!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

O preço da tal felicidade.

Eu entendo perfeitamente quem empurra casamento com a barriga.
Separar dá trabalho.
Manter-se separada dá mais trabalho ainda.
Se tem filhos então... Vixe.
Hoje é um daqueles dias em que eu precisava de alguém pra me ajudar.
Danilo não me deu uma folga e não facilitou em nada a minha vida na hora de ir pra escola. Pra ajudar, agora tem lição de casa 3x por semana... Enfia no banho, prepara lanchinho...
Tenho milhares de coisas pra resolver, contas pra pagar, exames pra retirar, exames e médicos pra marcar, ligar pra concessionária cobrando meu amortecedor... Ufa...
E resolvo TUDO sozinha. Porque, se não resolver, ninguém resolve. Fica tudo parado me esperando.
Por isso eu entendo quem fica casada pra sempre, mesmo infeliz.
Pelo menos tem alguém do lado pra ajudar em alguma das tarefas, nem que seja pra convencer o Danilo a tomar banho.
Bizusssssssssssssssssssssssssssss

2 comentários:

Cristina disse...

Dani
Ser mãe não é fácil e sem um companheiro para ajudar deve ser complicado mesmo. Como vc está? Se sente bem com o tamoxifeno? Já voltou a trabalhar? Manda notícias! Bjsssssss

Fabi Coltri disse...

Nossa.
Pq eles implicam com banho??
Sofia parece que vê o ET Bilú toda vez que tem que ir pro chuveiro.

Alê meu marido me ajuda mtãoo.

Mas tem dias q tenho vontade de mandar pras cucuias!

Bjs